Seguidores

sábado, 5 de maio de 2012

As Relíquias de São Lázaro em Marselha


Como já fora abordado diversas vezes neste Blog de Cavalaria, sobre os possíveis locais onde encontrariam-se atualmente os restos mortais de São Lázaro de Betânia, hoje contaremos um pouco da versão francesa da lenda, que atribui a São Lázaro, ser o primeiro Bispo de Marselha.

Segundo esta Tradição, após a morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, Lázaro, acompanhado por suas irmãs Marta e Maria, foi duramente perseguido pelos judeus, que sentiam-se intimidados com sua presença em Jerusalém, uma vez que era prova viva da divindade de Cristo- Vale-se lembrar que São Lázaro fora ressuscitado por Cristo, após estar morto a quatro dias.


Catedral de Santa Maria Maior, em Marselha, França
onde são guardadas as Relíquias de São Lázaro.

Os judeus então os expulsaram da Terra Santa, que sem opção seguem de barco pelo Mar Mediterrâneo até a Costa da França. Lázaro, Marta e Maria iniciam a evangelização daquela parte do Império Romano, em especial na região de Marselha, onde São Lázaro é tido como o primeiro Bispo local.

As conversões obtidas por Lázaro são muitas, o que teria chamado a atenção do Imperador Nero, que em sua loucura, manda decapitar o Santo, que tem seu corpo queimado na cidade de Autun, e sua cabeça é levada por seus amigos de volta a Marselha, onde é guardada até hoje.


Relíquia de São Lázaro, Marselha, França.

Esta matéria tem como principal motivo, rememorar a ligação da Ordem de São Lázaro na França, com a Relíquia da cabeça de São Lázaro, até hoje por ela guardada. Dês do século XII, quando os primeiros Lazaristas são conduzidos pelo Rei Luís VII da França para a região de Boigny, estes mantiveram um especial cuidado para proteger a Relíquia de São Lázaro.


Cavaleiros da Ordem Militar e Hospitalar de São Lázaro de Jerusalém, Membros da
Arquiconfraria dos Guardiões das Relíquias de São Lázaro

Com o passar dos séculos, o Corpo de Cavaleiros da Ordem de São Lázaro, especializados em guardar as Relíquias de Marselha, tornou-se uma guarda de honra, que quase possui vida própria, formando a chamada "Arquiconfraria dos Guardiões das Relíquias de São Lázaro, da Ordem Militar e Hospitalar de São Lázaro de Jerusalém".


Brasão da Arquiconfraria dos Guardiões das Relíquias de São Lázaro

Tal Arquiconfraria, composta exclusivamente por Cavaleiros Lazaristas, tem a missão de proteger as Relíquias de São Lázaro em Marselha, e de ser sua eterna Guarda de Honra. Como as Relíquias do Santo estão guardadas na Basílica de Santa Maria Maior, é lá que estes Lazaristas têm sua Sede.  

Um comentário: