Seguidores

domingo, 13 de novembro de 2011

A Devoção ao Escapulário do Carmo

Nossa Senhora do Carmo,
Também dita Nossa Senhora do Monte Carmelo

Um dos grandes sinais da devoção Mariana se dá pelo uso externo de símbolos, que lembram a todos do amor à Maria Santíssima, Mãe de Deus e Senhora Nossa.

Um dos principais símbolos da Devoção Mariana está no uso contínuo do Escapulário de Nossa Senhora do Carmo, também dita do Monte Carmelo. Tal costume nasceu no ano de 1251, quando a Virgem Santíssima apareceu a São Simão Stock, e lhe entregando o Escapulário disse: HOC TIBI ET TUIS PRIVILEGIUM: IN HOC MORIENS SALVABITUR, ou seja, Aquele que fizer parte da Ordem (utilizar o Escapulário) será salvo definitivamente.


São Simão Stock, recebendo o Escapulário
das Mãos da Virgem do Carmo.

Foram promessas feitas pela Bem-Aventurada Virgem àqueles que utilizarem o Escapulário:

I O primeiro Escapulário utilizado deve ser abençoado por um Padre e por ele posto no fiel.
II Uma vez colocado, nunca mais deve ficar sem ele.
III Reze uma vez por dia três Ave-Marias em Honra a Nossa Senhora.
IV A Grande Promessa: Aquele que morrer com o Escapulário não padecerá no fogo do inferno.
V Sua intercessão em favor daqueles que, após a sua morte, estiverem detidos no purgatório.
VI Assistência, ajuda e proteção nas dificuldades da vida.

Quando em 1604 o Rei Henrique IV da França criou a Real Ordem de Cavalaria de Nossa Senhora do Monte Carmelo, e a reuniu a Ordem Militar e Hospitalária de São Lázaro de Jerusalém, formando a Real Ordem Militar e Hospitalária de Nossa Senhora do Monte Carmelo e de São Lázaro de Jerusalém, todos os Cavaleiros Lazaristas do mundo foram consagrados à Nossa Senhora do Carmo, e o uso do Escapulário tornou-se frequente entre os Lazaristas.


Brasão d'Armas da Ordem de São Lázaro de Jerusalém,
Unida a de Nossa Senhora do Monte Carmelo.


Vale-se lembrar que todos os que fizerem uso do Escapulário do Carmo, e que seu primeiro Escapulário fora abençoado por um Padre, passam a fazer automaticamente parte da honrada Ordem Terceira de Nossa Senhora do Monte Carmelo, ou simplesmente Ordem Terceira do Carmo.

O uso do Escapulário foi muito motivado por todos os Papas do século XX, de modo que todos fizeram uso dele. Com tamanha devoção ao Escapulário, é possível lucrar as Sagradas Indulgências por coisas simples, como beijá-lo, rezar segurando sua medalha, ou usá-lo com devoção. Recomendamos a todos os Lazaristas seu uso, pois como em 1993 fora recriado pelo Então Grão Mestre da Ordem, o Instituto Nossa Senhora do Monte Carmelo, desse modo, Nossa Senhora do Monte Carmelo voltou a seu posto de Padroeira de nossa Ordem, ao lado de São Lázaro de Betânia

Antigo escapulário, modelo do século XVIII

Por razões práticas, o Santo Padre o Papa São Pio X, em 16 de dezembro de 1910, concedeu que o Escapulário, uma vez imposto por um Padre, pudesse ser substituído por um cordão ou correntinha, com uma imagem de Nossa Senhora, sob qualquer de seus títulos (Nossa Senhora do Carmo, Nossa Senhora das Graças, Nossa Senhora de Fátima...), e que do outro lado tenha a imagem do Sagrado Coração de Jesus, e que pode ser benzido com o simples Sinal da Cruz.



Nossa Senhora do Monte Carmelo. Rogai por Nós, que recorremos a Vós, Amém.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário